Município de Alenquer

Seminário de Saúde reforçou aposta do município na melhoria do setor

12/04/2022

Evento decorreu a 7 de abril, Dia Mundial da Saúde

A Saúde no pós-COVID e o novo paradigma dos médicos de família em Portugal, foram temas centrais do I Seminário de Saúde em Alenquer, que decorreu a 7 de abril.No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde, o Auditório Damião de Góis acolheu a primeira edição deste evento, que pretendeu sobretudo debater algumas das questões prementes do setor da Saúde, nomeadamente quais os desafios e oportunidades num cenário pós-pandémico.Um dos temas em cima da mesa quando se fala do estado da Saúde em Portugal é a escassez de médicos de família. Alenquer é um dos concelhos mais visados nesse âmbito, pelo que houve também a intenção de aprofundar conhecimentos sobre o que parece ser um novo paradigma neste segmento, com vista a obter eventuais soluções para acautelar a situação no território.A debater estas temáticas, estiveram figuras de algumas das mais altas instâncias da Saúde no país, entre as quais Luís Pisco, presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT). Todos os testumunhos partilhados, bem como as opiniões e sugestões lançadas a debate, foram decisivos para o sucesso da iniciativa, que contou ainda com um momento de homenagem aos profissionais envolvidos no combate à pandemia de COVID-19 em Alenquer."Quisemos que a questão da falta de médicos fosse o foco deste seminário, porque de facto é um problema no concelho e no país. Depois também focamos muito no cenário pós-COVID, onde existem doenças invisíveis que é necessário continuar a tratar e controlar. Convidámos pessoas com muita propriedade no tema e o feedback obtido revela que conseguimos alcançar o sucesso com esta iniciativa", referiu Paulo Franco, vereador da Câmara Municipal de Alenquer com o pelouro da Saúde.

Como conclusões retiradas do seminário, o autarca apontou a necessidade de "continuar a reforçar as sugestões que a autarquia tem feito chegar ao Ministério da Saúde, no sentido de se olhar com urgência para esta especialidade da medicina familiar" e "por-se em marcha um plano de ação para retomar, num primeiro passo, o combate às patologias que estão escondidas e esquecidas".O formato de seminário foi pensado para ser alternativa à habitual semana da saúde, revelando-se uma aposta ganha do município de Alenquer. Nesse sentido, existe já a pretensão de voltar a repetir a iniciativa no próximo ano."No próximo ano queremos regressar com uma semana da saúde novamente e incluir este seminário nesse ciclo, numa lógica de falar da Saúde numa perspetiva construtiva. É nosso intuito voltar à planificacção que tínhamos antes da pandemia, em que tínhamos uma oferta muito interessante", revelou.

A primeira edição deste seminário colocou o tema da Saúde em cima da mesa e reforçou aquela que tem sido uma aposta clara do município de Alenquer na melhoria da prestação de cuidados médicos à população e no reforço do setor em geral.

Voltar ao topo