Município de Alenquer

Município apoia recolha de sangue nas empresas do concelho

11/07/2022

MCG juntou dezenas de funcionários para dádiva

O município de Alenquer, juntamente com o Instituto Português do Sangue (IPS), está a promover campanhas de recolha de sangue junto das empresas do concelho.

Numa lógica de promover a dádiva de sangue e alertar para a importância da mesma, o município prontifica-se a intermediar este tipo de campanhas junto do IPS, procurando envolver ao máximo o tecido empresarial do concelho, num exemplo de cidadania.

A 6 de julho, a MCG Mind For Metal, deu o primeiro passo neste sentido, promovendo uma campanha de recolha de sangue nas instalações da empresa, no Carregado.

Ao longo do dia, cerca de 40 funcionários, 10% do total da empresa, foram mobilizados para fazer parte desta campanha, que contou com técnicos do IPS.

Paulo Franco, vereador com o pelouro da Saúde da Câmara Municipal de Alenquer, marcou presença na campanha, reforçando a pretensão do município em querer fazer parte de mais iniciativas do género.

“Com o apoio do município, a MCG conseguiu levar a cabo esta campanha de recolha, cujo resultado foi bastante satisfatório. Quero realçar que o município estará sempre disponível para ajudar qualquer outra empresa do concelho a dinamizar estas iniciativas, agindo como intermediário entre a empresa e o IPS. Desta forma, podemos todos ajudar e contribuir para esta causa nobre e tão importante”, referiu o vereador.

A doação de sangue é um ato voluntário, seguro e simples que não tem repercussões negativas na saúde da pessoa que faz a doação. Além disso, doar sangue é um ato seguro e todos os materiais usados no procedimento são descartáveis. Desse modo, não há riscos de a pessoa ser contaminada ao doar sangue.

Para doar sangue, apenas se exigem que o dador tenha entre 18 e 65 anos, pelo menos 50 kg e seja saudável. Mesmo assim, antes da doação é feita uma triagem clínica, onde se pode esclarecer todas as dúvidas e onde são avaliadas outras questões clínicas que podem impedir a dádiva de sangue.

O procedimento de recolha de uma dádiva de sangue demora cerca de 30 minutos e os intervalos mínimos recomendados entre cada doação são de 3 meses no caso das mulheres e 4 meses no caso dos homens. O dador regular tem isenção das taxas moderadoras no acesso às prestações do SNS.

Voltar ao topo