Município de Alenquer

Município quer combater estacionamento abusivo

Em causa a segurança dos munícipes e o dano nos equipamentos

No passado dia 24 de agosto, o vereador Tiago Pedro deslocou-se às Paredes, para observar de perto situações de estacionamento abusivo relatadas por alguns moradores.

Na companhia do presidente da União das Freguesias de Alenquer, Paulo Matias, o vereador responsável pelo pelouro do trânsito e mobilidade teve oportunidade de visitar alguns dos locais mais sensíveis, nomeadamente aqueles em que é necessária uma pronta intervenção por parte do município.

Trata-se, na sua maioria, de estacionamento abusivo, que coloca em causa a circulação pedonal em determinados agregados urbanos, além de que causa estragos irreparáveis aos aparelhos de rega automática ali implementados, devido ao peso dos veículos.

Uma das situações observadas refere-se à Rua Professor Doutor Dom Pedro da Cunha Marquês de Olhão, na qual diversas viaturas são frequentemente parqueadas de forma indevida, para prejuízo dos moradores e dos espaços verdes que envolvem o arruamento.

Existem ainda relatos que dão conta das dificuldades sentidas por pessoas com mobilidade reduzida, que se deparam várias vezes com passagens obstruídas, vendo assim dificultado o acesso à respetiva residência ou viatura.

"Há menos lugares do que seria necessário, sobretudo na zona mais central da urbanização. Temos também noção de que as pessoas querem parar a viatura tão próximo quanto possível do sítio para onde querem ir. Reconhecemos que é preciso proceder à marcação de lugares de estacionamento na avenida principal. Contudo, isso não dá o direito de descuidar da postura cívica e responsável. Parar o automóvel em cima de um passeio, criando problemas de acessibilidade, ou estacionar em cima de um espaço verde, destruindo um ativo público, não é uma situação aceitável. O município está a fazer um esforço no sentido de corrigir estas questões e de criar um parque central que fique disponível para todos, mas também espera que todos os munícipes respondam com responsabilidade e que passem a ter uma postura mais orientada e cívica", esclareceu Tiago Pedro.

Por tudo isto, o município vai agilizar a colocação de pilaretes naquele local em específico, a fim de evitar o estacionamento abusivo e mitigar as dificuldades sentidas pelos munícipes.

De resto, a situação já está sob a alçada da divisão de trânsito da autarquia, a fim de se poder avançar com a instalação, o quanto antes.

Ainda assim, lembre-se: cada um desempenha um papel importante no bem-estar de todos os munícipes.

Voltar ao topo