Município de Alenquer

Município promoveu ocupação de tempos livres dos jovens

22/09/2022

Ocupação de Tempos Livres abrange jovens entre os 15 e os 25 anos

Terminou a 29 de agosto mais um programa de Ocupação de Tempos Livres do município de Alenquer.

Durante quase dois meses, dezenas de jovens do concelho tiveram oportunidade de obter experiência em contexto de trabalho, integrados nas mais diversas áreas de atividade, no âmbito das competências da autarquia ou noutras entidades.

O programa de Ocupação de Tempos Livres do município visa ocupar os tempos livres dos jovens com atividades estruturadas e organizadas, proporcionar aos jovens munícipes do concelho a plena ocupação dos seus tempos livres através de uma experiência de trabalho em contexto real.

Procura-se ainda que estas experiências promovam uma participação ativa dos jovens na procura de oportunidades para delinearem o seu futuro pessoal e profissional, facilitando a tomada de decisão nas suas escolhas vocacionais. A longo prazo, poderão servir também de facilitador em termos de integração no mercado de trabalho.

O público-alvo são os jovens residentes no concelho, entre os 15 e os 25 anos, e que possuam no mínimo o 3.º ciclo do ensino básico concluído.

Na edição de 2022, que decorreu de 3 de julho a 29 de agosto, os jovens foram distribuídos pelas áreas Administrativa, Cultura, Educação e Desporto do município de Alenquer, em turnos de três horas diárias.

No final, todos os participantes saíram com o sentimento de dever cumprido, após terem completado com sucesso todas as tarefas propostas e terem acrescentado experiências importantes ao currículo.

Esta edição teve bastante adesão, como referiu o vereador com o pelouro da educação, Rui Costa afirmando que “esta edição do Programa de Ocupação de Tempos Livres de Jovens 2022 foi das mais concorridas de sempre e mostra bem o interesse que os nossos jovens têm em ocupar, de forma proativa e num contexto de primeira experiência profissional, as suas férias de verão.”

Explicou ainda que o programa esgotou em praticamente todas as áreas, tendo mesmo havido jovens que não puderam participar, algo que garante estar a ser trabalhado para que não se repita em edições futuras.

O programa de Ocupação de Tempos Livres veio reforçar, uma vez mais, a aposta do município na formação dos munícipes do futuro e na fixação de talento jovem no concelho.

Efetuando um balanço final, Rui costa salientou que “analisada a avaliação feita pelos próprios jovens, a esmagadora maioria ficou muito satisfeita com a experiência e pretende repetir, e esse é o melhor feedback que podemos ter, assegurando-se que este é mais um programa de sucesso da autarquia que veio colmatar uma necessidade há muito identificada.”

Voltar ao topo